Como se programar para trocar de carro?
5 de junho de 2017
Férias com a família: qual a importância do planejamento financeiro?
6 de junho de 2017

Tive o carro roubado! E agora?

Imagine que, em um dia qualquer, você sai do trabalho e não encontra seu veículo, percebendo que teve o carro roubado. A sensação é de surpresa e desespero.

Milhares de brasileiros vivenciam essa situação diariamente. Há um roubo por minuto no país, de acordo com dados do Décimo Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgados em novembro de 2016.

Após o susto inicial, é hora de procurar a ajuda da polícia e da seguradora. No post de hoje, ajudaremos a você a saber o que fazer após ter o carro roubado. Acompanhe!

Comunique o ocorrido à polícia e registre um B.O.

O primeiro procedimento a ser feito é dar queixa do roubo a polícia. Ligue para 190 e relate a ocorrência.

Se o que aconteceu foi um furto — seu carro foi roubado quando você não estava presente, sem uso de violência — é possível fazer o Boletim de Ocorrências (B.O.) pela internet. Se, no entanto, for um caso de roubo — quando há uso da violência para subtrair o bem — é essencial que você vá à delegacia mais perto de onde aconteceu o incidente.

Você deverá fornecer informações básicas, detalhes da ocorrência (como local e hora em que estacionou o carro e traços e características que possam ajudar a identificar suspeitos) e detalhes que auxiliem na tarefa de encontrar o veículo (adesivos, acessórios ou defeitos na lataria por exemplo).

Lembre-se de comunicar caso algum objeto tenha sido levado com o carro, como celular, computador ou demais pertences pessoais.

O B.O., como veremos adiante, será fundamental para comunicar à seguradora oficialmente sobre o acontecido e dar entrada no pedido de indenização, caso o veículo não seja encontrado.

Entre em contato com a seguradora

Se você possui um seguro contra roubo, é hora de acioná-lo. O encaminhamento mais prático é entrar em contato com o seu corretor — ele é o responsável por sua apólice e pode ajudar você com os procedimentos. Caso não consiga entrar em contato com ele, você mesmo pode comunicar a empresa, por telefone ou e-mail.

A seguradora tem um prazo para encontrar seu carro. Normalmente, ele é de 30 dias. Após esse tempo, você pode dar entrada no pedido para indenização.

Quanto mais confiável o seguro, mais fácil será o processo para resolver a situação. Confira os documentos que devem ser entregues à seguradora:

  • Boletim de Ocorrência;
  • carteira de motorista;
  • documentos do seguro;
  • documentos do carro.

Depois disso, você deve esperar o prazo da seguradora para o pagamento da indenização.

Procure seus direitos

Em vários estados, quem sofre com um crime desse tipo pode pedir a devolução do valor pago no IPVAO procedimento varia de lugar para lugar; em alguns, é necessário comunicar a Secretaria da Fazenda (Sefaz), enquanto, em outros, a integração dos sistemas dispensa esse procedimento.

Com um número tão expressivo de roubos e furtos, é imprescindível investir em um seguro. Hoje, há inúmeras opções de seguros parciais, específicos, com preços mais acessíveis. Você e sua família merecem ter seus bens protegidos. 

Ter o carro roubado é uma situação terrível. Esperamos ter ajudado você nesse momento difícil. Curta nossa página no Facebook e acompanhe nossos posts sobre esse e outros assuntos.