A contratação de seguro para carros é importante para garantir a tranquilidade do condutor. Quando se trata de veículos para pessoas com deficiência, essa necessidade é ainda mais gritante, já que muitos indivíduos têm nos veículos uma ferramenta essencial para a realização de suas atividades diárias e garantir sua autonomia e independência. Porém, há uma série de dúvidas sobre como contratar seguro para carros com isenção de impostos e a sua importância.

Para entender melhor o assunto, acompanhe este post.

A importância de contratar seguro para carros com isenção de impostos

Segundo dados do IBGE, a população brasileira com algum tipo de deficiência chega a 45,6 milhões de pessoas. A Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva aponta cerca de 100 mil carros vendidos para portadores deficiência em 2015. Esses números mostram como o mercado para portadores de deficiência é grande e com detalhes desconhecidos pela grande maioria.

O governo facilita a compra de carros 0km para esses condutores, oferecendo isenção de impostos. Porém, muitos ignoram a importância da contratação de seguros para esses veículos, principalmente se levarmos em consideração que esse desconto só pode ser obtido a cada dois anos e da importância que um veículo tem na vida de alguém com mobilidade reduzida.

Além disso, pode haver a instalação de equipamentos especiais de adaptação no interior dos veículos. É importante conseguir a indenização dessas atribuições se houver perda.

A SUSEP (órgão que regulamenta o mercado de seguros) determina que toda seguradora deve oferecer garantia total mínima de 90 dias, porém é interessante para o condutor encontrar uma empresa capaz de estender esse prazo.

Detalhes a serem observados na hora de solicitar o seguro

Outro detalhe importante a ser observado na hora de contratar seguro para carros com isenção de impostos é a cobertura de garantia zero km, que possibilita a devolução do valor integral de um carro novo, de acordo com a tabela FIPE, e não de um veículo semi-novo ou usado.

Leia também Passo a passo para obter a isenção de IPI

Para que haja a devolução do valor integral do carro, há 3 caminhos:

Opção 1

O segurado deve fazer a quitação do valor referente aos impostos descontados no momento da compra, o que não é a solução mais viável.

Opção 2

Se houver perda total, a seguradora faz o pagamento da indenização no valor de 100% do carro e deduz o valor dos impostos ao pagar a indenização ao segurado.

Opção 3

A seguradora limita o valor da indenização, pagando o valor em caso de perda total e o segurado recebe o valor da tabela FIPE contratado.

Opção 4

Algumas seguradoras oferecem uma cobertura especial de despesas extraordinárias que será usada para pagamento do valor total do veículo, assim os gastos com impostos já estão previstos e o proprietário não precisa arcar com essa despesa se houver algum problema.

Agora que você já conhece os detalhes para a contratação de seguro para carros com isenção de impostos, entre em contato conosco e faça uma consultoria para garantir o ressarcimento mais vantajoso se o carro for perdido.

 

21 de fevereiro de 2018
Seguro para carros com isenção de impostos

Seguro para carros com isenção de impostos – Por que contratar?

A contratação de seguro para carros é importante para garantir a tranquilidade do condutor. Quando se trata de veículos para pessoas com deficiência, essa necessidade é […]
4 de novembro de 2017
veículo adaptado

Veículo adaptado – Não retire o seu antes de ler esse post!

Se locomover não é algo tão fácil quanto parece. Com o aumento da população, as cidades estão cada dia mais cheias. Muitas vezes o transporte público […]
6 de setembro de 2017
Mobilidade Humana

Confira aqui o que é seguro de equipamentos de mobilidade humana!

A mobilidade humana é alvo de estudos, esforços e conscientização cada dia maior por parte de todos.
24 de novembro de 2016

Conheça 4 produtos ditos ‘saudáveis’ que trazem riscos

Não confie em tudo o que você lê nos rótulos dos alimentos. Algumas marcas apresentam pegadinhas nas gôndulas dos supermercados com o objetivo único de enganar o consumidor.