Qual é o melhor seguro de automóvel para PcD? | Potência Corretora de Seguros

Qual é o melhor seguro de automóvel para PcD?

Se você é uma Pessoa com Deficiência (PCD), entenda como pode ser beneficiado no seguro de automóvel das seguradoras Tokio Marine e Porto Seguros, por exemplo.

Ao adquirir um veículo, as Pessoas com Deficiência (PCD) têm alguns benefícios de isenção na hora da compra,  como ICMS e IPI. Se você é uma dessas pessoas, aproveite algumas condições que podem lhe ser concedidas, também na hora de contratar o seguro de automóvel.

No entanto há poucas seguradoras especializadas para o público com esse perfil. A Tokio Marine e a Porto Seguro são exemplos de seguradoras que atendem com especialidade nesse quesito e os detalhes do seguro nessa hora fazem muita diferença.

Atente-se para alguns pontos de atenção que listaremos!

1. Informar na contratação do seguro se o veículo possui isenção

A primeira coisa a ser observada na hora da contratação do seguro de automóvel para PcD é se foi informado para a seguradora que se trata de um veículo adquirido com isenção de impostos, isso porque há empresas que oferecem diferenciais para o público em referência como a isenção do ICMS e IPI numa eventual ocorrência de Indenização Integral por Roubo ou um acidente com prejuízo elevado (PT), como é o caso da Tokio Marine e da Porto  Seguro. Essa informação é importante neste cenário para que receba 100% do valor do veículo estipulado pela Tabela Fipe.

A Porto Seguro ainda concede em caso de sinistro indenizável (nesse caso estamos falando de um sinistro parcial) ou pane que o segurado com deficiência poderá acionar o serviço de táxi até duas vezes por dia, durante sete dias. O limite é de R$85,00 por acionamento. No entanto, este benefício não é cumulativo com os benefícios de desconto na franquia ou carro extra.

2. Optar por Seguradoras que contemplem o benefício da Isenção

Ora, se você adquiriu um veículo com isenção, nada mais justo que também seja beneficiado com essa condição ao contratar um seguro de automóvel para PcD. De uma forma geral, as seguradoras conseguem atender essa peculiaridade se informado na contratação conforme abordamos no item anterior, mas há algumas que têm, em suas condições gerais, a regra bem clara para esses casos. Isso minimiza possíveis dificuldades na hora de ser indenizado, principalmente numa possível indenização integral do seu veículo.

A Tokio Marine e a Porto Seguro são exemplos de seguradoras que garantem o recolhimento dos impostos de IPI e ICMS concedidos ao segurado no ato da compra. Cabe ao cliente apenas providenciar as guias para a seguradora fazer o pagamento. Com isso, o valor a receber numa eventualidade de um Roubo ou Perda Total do carro, será de 100% do valor da Tabela Fipe ou o Valor que foi determinado para aqueles casos em que não consta o veículo na  tabela.

Caso não seja informada a isenção na contratação, você perde esse direito e os impostos devidos deverão ser recolhidos por você antes da seguradora pagar a indenização, ou seja, nesse caso é como se não tivesse adquirido veículo com isenção.

A Tokio Marine, na omissão dessa informação no ato da contratação, desconta um percentual regressivo da indenização em virtude do ano de isenção fiscal na qual o segurado se encontra. Ou seja, se o cliente estiver no primeiro ano dessa isenção, será descontado da indenização 25%, se estiver no segundo ano, 15% e no terceiro ano, 5%. Parece muito, mas esse  valor de desconto da indenização final pode ser menos do que efetivamente o segurado teria que pagar caso tivesse que recolher os impostos diretamente. 

Considerando que o benefício da isenção só é concedido de 2 em 2 anos, no segundo cenário ou nas seguradoras que não oferecem extensão de cobertura para PCD, o segurado pode ser prejudicado em virtude de uma indenização menor e pode não conseguir adquirir outro veículo tão bom quanto o anterior. Então, como pode ser visto, a cobertura especial faz todo sentido pra você.

3. Verificar se o veículo consta na Tabela Fipe

Se, num possível sinistro de indenização integral, o valor de recebimento pelo segurado é com base nos valores estipulados pela Tabela Fipe, verifique se o modelo do seu veículo consta na mesma, pois do contrário poderá ter outra surpresa. Isso porque na hora da contratação seu seguro não será feito com base no “Valor Referenciado”=Tabela Fipe, e sim por um Valor Determinado (Valor Fixo), o que significa que você estipulará o valor que irá receber nesse tipo de sinistro.

Nesses casos, o ideal é estipular o valor da NF, mas como esta sai com valor inferior devido a isenção dos impostos, deve-se acrescentar ainda os valores dos impostos de acordo com sua região para determinar a Importância Segurada final na contratação. Isso não influencia na cobertura especial do recolhimento dos impostos tratada no item anterior no caso da Tokio Marine e da Porto Seguro.

Um exemplo de modelo de veículo adquirido com isenção que não consta na Tabela Fipe é o Jeep Renegade 1.6 Automático. Mais uma vez Tokio Marine e Porto Seguro estão aptas a lhe atender nesse quesito também. Por isso a importância de um bom corretor de seguros que pode lhe auxiliar na melhor elaboração do seguro.

4. Dicas para uma boa contratação de seguro de automóvel para PCD

  • Procure um bom corretor de seguros e peça cotação em diversas seguradoras para avaliar quanto a cobertura especial;
  • Verifique as coberturas ofertadas e veja se elas realmente lhe atenderão, lembrando que poderá ter um prejuízo enorme na falta da cobertura especial;
  • Peça opções de cotação com a cobertura Opcional de Despesas Extraordinárias em caso de Indenização Integral. A Tokio Marine nessa cobertura não exige comprovação da despesa e pode ser um diferencial para compor uma reserva nas perdas que você terá em função da adaptação do seu veículo PCD. 
  • É de suma importância informar quem será o condutor do veículo e quem será o segurado, pois há casos em que o veículo é comprado no nome do filho que é PDC, mas quando este possui idade inferior a 18 anos, o seguro só poderá ser feito pelo responsável, mas a isenção é do filho. Aqui vale contratar a cobertura adicional de Despesas Extraordinárias ou elevar a percentagem da tabela Fipe para 110%, afim de minimizar os impactos da isenção numa possível indenização integral.
  • A Porto Seguro ainda oferece benefício em caso de pane ou perda parcial.

Fale com um corretor de seguros parceiro da Tokio Marine e da Porto Seguro e tenha seu veículo PcD protegido por um dos melhores seguros e com a devida cláusula especial. 

Está com dúvidas? Faça sua pergunta aqui nos comentários!